Tag: ary rigo (page 2 of 3)

Reviravolta ressuscita escândalo de 2010 e Justiça retoma ação contra “Mensalão Pantaneiro”

Em gravação feita pelo jornalista Eleandro Passaia, Rigo fez revelações que poderiam implodir a política regional, mas não fez nem cócegas (Foto: Arquivo)

Na onda para por fim ao forno que assa as “pizzas” dos escândalos em Mato Grosso do Sul, a Justiça retomou o julgamento da ação popular contra o “Mensalão Pantaneiro”, denunciado há oito anos. O caso ganho fôlego até no STJ (Superior Tribunal de Justiça), que reviu o arquivamento do pedido de um grupo de advogados e vai para julgar o recurso para quebrar o sigilo da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Ler mais

 Diretor do TCE e ex-presidentes da Assembleia e Detran viram réus por corrupção e peculato              

Influente na política regional desde antes da criação de MS, Rigo é o primeiro ex-presidente da Assembleia a se tornar réu por corrupção (Foto: Arquivo)

A Justiça aceitou a denúncia por corrupção e lavagem de dinheiro contra 18 pessoas investigadas na Operação Antivírus, realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). Entre os réus estão o ex-vice-governador e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Ary Rigo, o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito, Gerson Claro, o ex-vereador Roberto Durães (PSL), o presidente da Digix, Jonas Schimidt das Neves, e o diretor do Tribunal de Contas do Estado, Parajara Moraes Alves Júnior. Ler mais

Suspeito de cobrar “mensalão”, procurador tinha poupança em casa para não pagar tarifa bancária

Miguel Vieira da Silva só não foi reconduzido em 2010 porque ficou em quarto lugar e fora da lista tríplice, graças a manobra de promotores (Foto: Arquivo)

Suspeito de receber “mensalão” da Assembleia Legislativa e do ex-prefeito de Dourados, Ari Artuzi, o procurador de Justiça Miguel Vieira da Silva surpreendeu os colegas ao revelar que tinha “poupança particular em casa”. Esta foi a principal linha de defesa dele para tentar afastar a suspeita de que a movimentação financeira atípica em suas contas bancárias era oriunda de corrupção. Ler mais

TJ engaveta ação e Assembleia paga aposentadoria “ilegal” a seis ex-deputados e um deputado

Londres Machado também é aposentado pelo MSPrev, apesar do benefício ser considerado ilegal (Foto: Arquivo)

A Assembleia Legislativa paga aposentadoria, já considerada ilegal por juiz de primeira instância, a seis ex-deputados e ao deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB). No entanto, o pagamento continua graças à liminar concedida pela desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, que suspendeu a sentença de primeiro grau. No entanto, o julgamento do mérito do recurso foi engavetado pelo Tribunal de Justiça, que não movimenta o processo desde outubro de 2015. Ler mais

Gaeco denuncia 18, pede prisão de 10 e o pagamento de R$ 50 mi de grupo de Rigo e Gerson

MPE pede a prisão preventiva e denuncia ex-presidente da Assembleia por peculato, organização criminosa, corrupção ativa, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro (Foto: Arquivo)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) concluiu a investigação da Operação Antivírus e propôs ação penal contra 18 pessoas, inclusive do ex-vereador Roberto Durães. Para frear a ação da suposta organização criminosa, os promotores pediram a prisão preventiva de 10, inclusive do ex-deputado estadual Ary Rigo (PSDB), do servidor do Tribunal de Contas do Estado e dos donos da Digix e Pirâmide Informática. Também propõe a condenação do grupo ao pagamento de R$ 50 milhões. Ler mais

Rigo recebia dinheiro quando tinha saudade; empresa fez repasse a esposa e filha, diz Gaeco

Deputado por seis vezes, ex-vice-governador e ex-presidente da Assembleia, Rigo nega que seja “sócio oculto” da Digix (Foto: A Critica/Arquivo)

O ex-deputado estadual Ary Rigo (PSDB) usava o termo “louco de saudades” para solicitar dinheiro à Digix, denominação comercial da DigithoBrasil. A empresa também fez repasses à esposa e filha do ex-presidente da Assembleia Legislativa. Essas revelações constam da Operação Antivírus, comandada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) para apurar grande esquema de corrupção no Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Ler mais

Sócio oculto da Digix, Ary Rigo recebeu valores vultosos e fez lobby, conclui Gaeco

Escritório de Rigo dividiu espaço com empresa por nove anos: ele ficava com a sala da frente e a Digix funcionava nos fundos, segundo MPE

Ex-vice-governador, deputado estadual por seis mandatos e uma das principais lideranças da política estadual desde a criação de Mato Grosso do Sul, Ary Rigo, 71 anos, seria “sócio oculto” da Digix, nome fantasia da DigthoBrasil. Conforme investigação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), o ex-deputado recebia valores mensais e vultosos, teve escritório por nove anos no mesmo local e ainda fez lobby junto ao prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). Ler mais

Poderosos, influentes ou milionário, presos na Antivírus não dormem na prisão graças ao TJ

Indicado para o Detran, Gerson Claro é amigo do governador e ganhou o cargo graças a amizade e a idoneidade (Foto: Arquivo/Diário Digital)

A primeiro operação de combate à corrupção no Detran (Departamento Estadual de Trânsito), que teve toda a cúpula presa por determinação da Justiça, será marco na história de Mato Grosso do Sul. A investigação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) atinge uma lenda na política regional, amigo do governador do Estado e ex-sócio de desembargador e dono de contratos milionários com o poder público. Ler mais

Gaeco prende sócios de empresa que ganhou contratos milionários no Detran e TCE

Gerson Claro chega ao Centro de Triagem, onde ficará preso preventivamente. O flagra é do fotógrafo Henrique Kawaminami, do jornal Midiamax

Além da cúpula do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e do ex-deputado estadual Ary Rigo (PSDB), a Operação Antivírus levou a prisão dos donos da Pirâmide Central Informática, José do Patrocínio Filho e Anderson da Silva Campos e do ex-sócio, Fernando Roger Daga. Em setembro do ano passado, a empresa “ganhou” contrato de R$ 7,4 milhões do órgão, sem licitação. Ler mais

Ex-presidente da Assembleia é preso em mega operação contra corrupção no Detran-MS

Agentes do Gaeco chegam para cumprir mandados de busca no Detran (Foto: Marcos Ermínio/Campo Grande News)

Ex-presidente da Assembleia Legislativa e ex-deputado estadual Ary Rigo (PSDB) foi preso, na manhã desta terça-feira, na Operação Antivírus, comandada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). A Justiça decretou a prisão preventiva de nove pessoas e temporária de outras três na investigação que apura os crimes de corrupção passiva e ativa, peculato, fraude em licitação, organização criminosa e lavagem de dinheiro no Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Ler mais

« Older posts Newer posts »

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑