Tag: ação penal 980

Após 2º adiamento, Reinaldo e vereador vão ficar frente a frente em audiência sobre vídeo

Governador foi a segunda audiência, mas foi adiada porque vereador não havia sido notificado (Foto: Arquivo/GovernoMS)

Em decorrência da falta de notificação do vereador Tiago Vargas (PSD), a audiência na 3ª Vara Criminal sobre o polêmico vídeo, em que o ex-policial civil chama o governador de “corrupto, bandido e canalha”, foi adiada pela 2ª vez. Com o retorno das atividades presenciais na Justiça, o parlamentar e Reinaldo Azambuja (PSDB) vão ficar frente a frente no dia 5 de novembro deste ano, a partir das 14h.

Ler mais

Ministros negam agravo do MPF e mantém apenas denúncia contra Reinaldo no STJ

Apenas o governador Reinaldo Azambuja será julgado pelo STJ pela suposta propina de R$ 67,7 milhões da JBS (Foto: Divulgação)

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça negou, por unanimidade, agravo do Ministério Público Federal e manteve o desmembramento da denúncia do pagamento de propina de R$ 67,791 milhões pela JBS a Reinaldo Azambuja (PSDB). Depois de seis adiamentos, os ministros julgaram o pedido nesta quarta-feira (18). A ministra Isabel Gallotti substituiu o relator, ministro Felix Fischer, que está de licença médica até o final de outubro.

Ler mais

Juíza deve aceitar denúncia de Reinaldo contra vereador que o chamou de “corrupto”, diz MPE

Tiago e Reinaldo devem se encontrar pela primeira vez, já que MPE propõe audiência de conciliação (Foto: Arquivo/Midiamax)

O promotor Marcelo Ely manifestou-se a favor do recebimento da queixa-crime do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) contra o vereador Tiago Vargas (PSD). O tucano quer a punição do parlamentar por tê-lo chamado de “bandido”, “corrupto” e “bandido”. O parecer pela procedência da denúncia foi protocolado nesta segunda-feira (9).

Ler mais

Com nova relatora, STJ marca data e acelera para definir futuro de Reinaldo Azambuja

Governador de MS pode ter futuro definido em breve pelo STJ e ter o futuro complicado nas eleições de 2022 (Foto: Divulgação)

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça marcou para o dia 18 deste mês a retomada do julgamento da Ação Penal 980, na qual Reinaldo Azambuja (PSDB) é acusado por três crimes e de ter recebido R$ 67,791 milhões em propinas da JBS. Com a definição da relatora substituta, ministra Maria Isabel Gallotti, a corte acelera para definir o futuro do governador de Mato Grosso do Sul.


Ler mais

Nomeada por Lula, Isabel Gallotti assume relatoria de denúncia contra Reinaldo no STJ

No STJ há 11 anos, ministra Isabel Gallotti assume o lugar de Fischer para dar andamento à denúncia contra tucano no STJ (Foto: Arquivo)

A ministra Maria Isabel Gallotti vai substituir Felix Fischer na Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça. Com a mudança, confirmada nesta quarta-feira (4), a Ação Penal 980, em que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) é acusado de receber R$ 67,791 milhões em propinas e por três crimes, volta a tramitar na corte. O relator da Operação Vostok prorrogou a licença médica, iniciada no dia 2 de junho, até o dia 29 de outubro deste ano.

Ler mais

Por julgamento rápido, Fischer mantém só Reinaldo no STJ e envia ao TJ denúncia contra 23

Com decisão de ministro, apenas Reinaldo vai ser julgado pelo STJ e julgamento pode ser mais rápido do que tucano deseja (Foto: Arquivo)

O ministro Felix Fischer decidiu desmembrar a denúncia da Operação Vostok e manter apenas o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) como réu no Superior Tribunal de Justiça. A denúncia contra outros 23 acusados, como o deputado Zé Teixeira (DEM), primeiro secretário da Assembleia Legislativa, o advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador, empresários e pecuaristas, será enviada ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Ler mais

Temendo ser afastado pelo STJ, Reinaldo vai ao Supremo para ser julgado pela justiça estadual

Tucano quer ser julgado pela justiça de MS, onde tem colecionado vitórias (Foto: Arquivo)

Com medo de ser afastado do cargo pelo Superior Tribunal de Justiça, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ingressou com pedido de habeas corpus para trancar a Ação Penal no Supremo Tribunal Federal. A estratégia do tucano é ser julgado pelos crimes de líder de organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela justiça estadual, onde tem colecionado vitórias.

Ler mais

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑