Novo senador de Mato Grosso do Sul, Nelsinho não paga dívida de R$ 2,5 milhões e tem nome inscrito em órgãos de proteção ao crédito (Foto: Arquivo)

Com contas bancárias e bens bloqueados em decorrência de ações por suspeita de fraude e improbidade administrativa, o senador eleito Nelsinho Trad (PTB) não conseguiu cumprir ordem judicial para pagar dívida de R$ 2,5 milhões e teve o nome inscrito em órgãos de proteção ao crédito. O ex-prefeito da Capital foi inscrito no Serasa e no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Ler mais