Tag: 2ª câmara criminal do tjms (page 1 of 3)

TJ mantém bloqueio de R$ 46 milhões de empresário por desvio milionário na saúde

TJMS manteve bloqueio de sócio de empresa réu por corrupção e peculato por desvios na saúde (Foto: Arquivo)

O juiz Waldir Marques, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, negou, na segunda-feira (9), o pedido de liminar para suspender o bloqueio de R$ 46 milhões de Rodolfo Pinheiro Holsback, dono do Grupo Holsback. O empresário é réu por peculato, corrupção passiva e ativa e fraude em licitações pelo suposto desvio na saúde.

Ler mais

Omertà: juiz manda prender policial federal para cumprir pena por munições estrangeiras

Everaldo Monteiro de Assis teve a pena de prestação de serviços substituída pelo regime aberto pelo TJMS (Foto: Arquivo)

A Justiça determinou a prisão do policial federal Everaldo Monteiro de Assis, o Jabá, para iniciar o cumprimento da sentença por porte ilegal de munições estrangeiros. Alvo da primeira fase da Operação Omertá, deflagrada em 27 de setembro de 2019, ele teve a pena elevada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul para um ano de detenção e um ano de reclusão no regime aberto.

Ler mais

TJ mantém advogados livre de ação por obstruir investigação de organização criminosa

David Olindo cumpriu dever de advogado, conforme decisão de turma do Tribunal de Justiça (Foto: Arquivo)

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça negou pedido do Ministério Público Estadual e manteve a decisão de primeira instância que rejeitou a denúncia por obstrução de investigação de organização criminosa contra os advogados David Moura Olindo e Adailton Raulino Vicente da Silva. Eles foram denunciados por supostamente servir de “pombo-correio criminoso” dos empresários Jamil Name e Jamil Name Filho, que estavam presos no Presídio Federal de Mossoró.

Ler mais

Gaeco pede a condenação de Olarte por mais 10 fatos e pela compra de R$ 4,1 mi em imóveis

Ex-prefeito pode ter pena ampliada a pedido do Gaeco (Foto: Arquivo)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) pediu a condenação do ex-prefeito Gilmar Antunes Olarte (sem partido) e da ex-primeira-dama Andréia Nunes Zanelato (MDB) por mais 10 fatos e pela lavagem R$ 4,190 milhões em imóveis. As razões constam do recurso apresentado ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul contra a sentença do juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande.

Ler mais

Ex-segurança do governador é denunciado por debochar de oficial feminina e perde benefício

Sargento tem novo revés: acusado de não respeitar major da PM, ele alega ser vítima de perseguição (Foto: Arquivo)

Cumprindo pena pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, o sargento Ricardo Campos Figueiredo foi denunciado novamente pelo Ministério Público por crime contra autoridade militar. Além de correr risco de ser condenado novamente, ele perdeu benefícios na prisão por ter supostamente debochado de oficial da Polícia Militar do sexo feminino.

Ler mais

Pela 3ª vez, 2ª Câmara Criminal nega HC e mantém ação por roubo contra filho de Reinaldo

Rodrigo Souza, filho do governador de MS, não conseguiu trancar a ação penal em que é réu por roubo (Foto: Arquivo)

Pela 3ª vez, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul negou recurso e manteve a denúncia por roubo majorado contra o advogado Rodrigo Souza e Silva, filho do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Desta vez, a defesa ingressou com habeas corpus para pedir a anulação da denúncia por suspeita de conduta parcial do promotor Marcos Alex Vera de Oliveira.

Ler mais

TJ acata decisão da Assembleia e livra deputado Jamilson de tornozeleira eletrônica

Deputado ficou um mês com tornozeleira e nega integrar esquema criminoso (Foto: Arquivo)

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul acatou, na tarde desta terça-feira (2), decisão da Assembleia Legislativa e determinou a retirada de tornozeleira eletrônica do deputado estadual Jamilson Lopes Name (sem partido). Réu por supostamente integrar organização criminosa armada e lavar dinheiro do jogo do bicho, ele estava sob monitoramento eletrônico há um mês.

Ler mais

TJ mantém júri e restabelece prisão preventiva de Jamil Name pela morte de universitário

Empresário e filho vão a júri popular pela execução de estudante (Foto: Arquivo)

Por unanimidade, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul manteve o júri popular de Jamil Name, 81 anos, e do filho, Jamil Name Filho, 43, pelo brutal assassinato do estudante universitário Matheus Coutinho Xavier. A turma também restabeleceu a prisão preventiva do empresário pelo homicídio. Esta é a primeira vez que o poderoso e influente empresário vai a julgamento popular por um homicídio.

Ler mais

Turma mantém sentença e ainda pode ampliar condenação de filho de desembargadora

Solto, filho de desembargadora vê sentença ser mantido em segunda instância (Foto: Arquivo)

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul manteve a sentença do empresário Breno Fernando Solon Borges, filho da ex-presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges. No entanto, a sentença de oito anos e dez meses de prisão pode ser ampliada com a inclusão do agravante dele ter promovido e organizado o tráfico dos 129 quilos de maconha e as 270 munições, sendo 199 de fuzil calibre 762.

Ler mais

Jamil Name e filho devem falar pela 1ª vez sobre assassinato de universitário em 23 de junho

Juiz marca interrogatório de acusados de matar Matheus Coutinho aos 20 anos, em abril do ano passado (Foto: Arquivo)

Os empresários Jamil Name, 80 anos, e Jamil Name Filho, 42, vão falar pela primeira vez em juízo sobre o assassinato do universitário Matheus Coutinho Xavier, 20, no dia 23 de junho deste ano. O juiz Aluzio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, marcou o interrogatório dos réus para aproveitar a agenda disponível para videoconferência na Penitenciária Federal de Mossoró (RN), onde os acusados de chefiar o grupo de extermínio estão presos há sete meses.

Ler mais
« Older posts

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑