Autor: Edivaldo Bitencourt

Carmo Name Júnior, de vermelho, vai continuar preso, segundo juiz de Sidrolândia (Foto: Arquivo) O juiz Fernando Moreira Freitas da Silva, da Vara Criminal de Sidrolândia, negou habeas corpus para Carmo Name Júnior, assessor do vereador de Campo Grande, Claudinho Serra (PSDB). Além de mantê-lo preso, o magistrado negou pedido para o Estado bancar o tratamento em hospital particular em decorrência da realização de cirurgia bariátrica. “A análise dos fundamentos e dos documentos lançados pelo investigado, bem como a partir das razões apresentadas pelo Ministério Público, entendo que o pleito não merece acolhimento”, pontuou o juiz em despacho publicado nesta…

Leia mais

Ex-vereadores de Campo Grande trocaram de partido para tentar retornar à Câmara Municipal de Campo Grande nas eleições deste ano. O ex-prefeito da Capital, Marquinhos Trad (PDT), o policial André Salineiro (PL), o ex-secretário estadual de Cultura, Athayde Nery (PSDB), o jornalista Eduardo Romero (SD) e a ex-deputada estadual Grazielle Machado (PSDB), entre outros vão tentar superar o fracasso nas urnas neste ano. Campeão com 8.776 votos nas eleições de 2016, Salineiro trocou uma reeleição garantida para ser o candidato a vice-prefeito na chapa do procurador de Justiça, Sérgio Harfouche, ambos pelo Avante. Ele foi eleito pelo PSDB, disputou eleição…

Leia mais

Prefeito e primeira-dama Amanda Iunes: ela vai tentar uma vaga como economista na prefeitura ao se inscrever em concurso público (Foto: Divulgação) O concurso de Corumbá não ser disputado apenas por meros mortais. A primeira-dama da cidade, Amanda Cristiane Balancieri Iunes, e mais sete integrantes do primeiro escalão da gestão de Marcelo Iunes (PSDB) estão na disputa pelas vagas com salário entre R$ 2,3 mil e R$ 7,3 mil. As provas serão aplicadas no próximo domingo. Secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, Amanda Iunes se inscreveu para disputar a vaga de Analista Gestão Governamental – Ciências Econômicas, com salário…

Leia mais

Diretor e filho do dono do IPEMS, Lauredi Sandim, Gian só assume a vaga de vereador se o PSDB exigir fidelidade e impedir a posse de cinco suplentes (Foto: Arquivo) Preso desde o dia 3 de abril deste ano acusado de chefiar organização criminosa especializada em desviar recursos do município de Sidrolândia, o vereador Claudinho Serra (PSDB) pode ser substituído na Câmara Municipal. No entanto, cinco suplentes deixaram o PSDB e podem perder a oportunidade de assumir o mandato de vereador na Capital, com direito a salário de R$ 18,9 mil, verba indenizatória de R$ 30 mil e mais assessores.…

Leia mais

Assis firmou acordo e se livrou de ação por improbidade: ex-secretário vai ressarcir R$ 24,3 mil e pagar multa civil de R$ 24,3 mil (Foto: Arquivo) O ex-secretário estadual de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, firmou acordo e se livrou de ação por improbidade administrativa na compra de 12 mil mapas geopolíticos de Mato Grosso do Sul em 2018. Sem acordo, o Ministério Público Estadual denunciou quatro empresários por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito pelo desvio de R$ 1,024 milhão. A denúncia foi protocolada no dia 28 de fevereiro deste ano pelo promotor Humberto Lapa Ferri. Em despacho…

Leia mais

MPE opina para Júnior continuar preso e que cirurgia bariátrica foi realizada um ano e não quatro dias antes da Operação Tromper 3 (Foto: Arquivo/Campo Grande News) Assessor do vereador Claudinho Serra (PSDB) e preso por integrar organização criminosa, Carmo Name Júnior fez a cirurgia bariátrica há um ano e não quatro dias antes da deflagração da 3ª fase da Operação Tromper. Em parecer protocolado nesta quarta-feira (17), a promotora Bianka Machado Mendes defende que ele continue preso e só seja submetido a tratamento recomendado pela equipe médica do sistema prisional. O advogado Michael Marion Davies Teixeira de Andrade, alegou…

Leia mais

PEC criminalização das drogas teve o apoio da bancada de MS no Senado (Foto: Arquivo) Os senadores Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP) votaram a favor da PEC das Drogas, aprovada pelo Senado nesta terça-feira (16). A Proposta de Emenda à Constituição criminaliza o porte e a posse de qualquer tipo ou quantidade de droga. A proposta foi aprovada em dois turnos por 53 votos no primeiro turno e 52 no segundo. Apenas nove senadores votaram contra. A senadora Soraya Thronicke (Podemos) não participou da votação porque estava em missão oficial, segundo o Senado. A parlamentar está em viagem…

Leia mais

Ex-presidente do TJ foi interrogado pelo CNJ no Fórum da Justiça Federal (Foto: Arquivo/Marcos Maluf/Campo Grande News) O processo administrativo disciplinar contra o ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador Divoncir Schreiner Maran, entrou na fase final no Conselho Nacional de Justiça. Ele responde a sindicância por ter soltado o traficante Gerson Palermo, condenado a 126 anos de prisão e apontado pela Polícia Federal como um dos chefes da facção criminosa PCC. Conforme despacho do conselheiro João Paulo Santos Schoucair, publicado nesta terça-feira (16), o Ministério Público Federal e o desembargador terão dias 10 dias, sucessivamente,…

Leia mais

Marçal ampliou vantagem e Alan Guedes pode ser ultrapassado por Barbosinha (Foto: Arquivo) Apesar dos boatos de que vai abrir da mão da prefeitura em troca de apoio para a eleição de deputado federal em 2026, o ex-deputado estadual Marçal Filho (PSDB) ampliou a vantagem e segue isolado na liderança na disputa pela Prefeitura de Dourados. Graças ao apoio do governador Eduardo Riedel (PSDB), o vice-governador José Carlos Barbosa, o Barbosinha (PSD), reagiu e encostou em Alan Guedes (PP). Os números são da segunda pesquisa registrada do Instituto Ranking Brasil Inteligência realizada em Dourados neste ano. O levantamento ouviu mil…

Leia mais

Ex-senador teve uma nova derrota na terrível turma do TJMS, a 2ª Câmara Criminal (Foto: Arquivo) A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul negou, em julgamento realizado nesta terça-feira (16), enviar à Justiça Eleitoral a denúncia pela suposta propina de R$ 11 milhões paga ao presidente regional do PRD, Delcídio do Amaral. Com a decisão, a turma impõe mais uma derrota ao ex-senador que luta para evitar a conclusão do julgamento na 6ª Vara Criminal de Campo Grande. No início deste mês, a ministra Daniela Teixeira, do Superior Tribunal de Justiça, negou pedido semelhante…

Leia mais