Autor: Edivaldo Bitencourt (page 1 of 396)

Com voto de ex-presidente, TJ cancela bloqueio de R$ 101 mi de senador por corrupção no lixo

Desembargador Divoncir Schreiner Maran votou pela liberação total dos bens e contas bancárias de Nelsinho, mas manteve o sequestro da fazenda de R$ 29,2 milhões (Foto: Arquivo)

Pelo placar de 2 a 1, a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul suspendeu, nesta terça-feira (15), o bloqueio de R$ 101,576 milhões do senador Nelsinho Trad (PSD). O voto decisivo para pôr fim ao sequestro decretado há dois anos foi do ex-presidente da corte, desembargador Divoncir Schreiner Maran. Com base em investigação da Polícia Federal, o Ministério Público Estadual acusa o ex-prefeito da Capital de ter recebido R$ 50,788 milhões em propinas da Solurb.

Ler mais

A peritos, Jamil Name diz faturar R$ 1 bilhão com mina e ter R$ 41 bilhões em precatórios

Empresário diz que valor líquido de precatórios, descontado impostos e deságios, seria de R$ 6 bilhões (Foto: Arquivo)

Acusado de chefiar grupo de extermínio, o empresário Jamil Name, 82 anos, revelou, em depoimento aos peritos nomeados pela Justiça, ser dono de uma fortuna rara. Além de ser dono de mina de ametista, que faturou R$ 1 bilhão, ele ainda contou ter direito a R$ 41 bilhões em precatórios, valor quase três vezes ao orçamento anual do Governo do Estado.

Ler mais

Disputa do Governo em MS segue embolada, com André na liderança e sete empatados em 2º

Eduardo Riedel e Tereza Cristina podem repetir Reinaldo e Delcídio em 2014, quando um disputaria o governo e o outro o Senado, mas acabaram se enfrentando pela Governadoria (Foto: Arquivo)

Levantamento do Instituto Ranking mostra que a disputa pela sucessão de Reinaldo Azambuja (PSDB) segue embolada e sem favoritos em Mato Grosso do Sul. O ex-governador André Puccinelli (MDB) lidera a disputa, mas com sete candidatos empatados na margem de erro e com chances de chegar a eventual segundo turno, segundo pesquisa do Instituto Ranking, realizada com 2 mil eleitores em 20 cidades entre os dias 9 e 12 deste mês.

Ler mais

Julgamento de vereador de Campo Grande por ameaça será retomado em março de 2022

Defesa de vereador também tenta a suspensão condicional do processo porque ele não tem antecedentes criminais (Foto: Divulgação)

A audiência de instrução e julgamento contra o vereador Tiago Vargas (PSD) será retomada no dia 10 de março de 2022 na 4ª Vara Criminal de Campo Grande. Mais votado na eleição do ano passado, ele acabou sendo demitido do cargo de policial civil pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) em decorrência da suposta ameaça feita a equipe médica durante perícia na Ageprev (Agência de Previdência de Mato Grosso do Sul).

Ler mais

Marquinhos contraria Reinaldo, acaba com lockdown e comércio e bares reabrem na Capital

Em decreto publicado há pouco, Marquinhos critica mudança “repentina” da classificação de risco da Capital e a restrição prejudicial a alguns setores em detrimento da maioria (Foto: Arquivo)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) contrariou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e acabou com o lockdown em Campo Grande. Em decreto publicado em edição extra do Diário Oficial, ele autorizou a reabertura do comércio, bares, restaurantes e conveniências, os mais prejudicados pelo decreto tucano, e a reclassificação da Capital na bandeira vermelha, com toque de recolher a partir das 20h, até o dia 30 deste mês.

Ler mais

PF investiga se Waldir Neves tinha terras no Maranhão e vendeu fazenda de R$ 17 milhões

Ex-presidente do TCE é investigado por propriedades rurais no Maranhão (Foto: Arquivo)

A Polícia Federal investiga a existência de terras do conselheiro Waldir Neves Barbosa, ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, no Maranhão, a 2.500 quilômetros de Mato Grosso do Sul. Alvo da Operação Mineração de Ouro, deflagrada com aval do Superior Tribunal de Justiça na última terça-feira (8), ele também pode ter vendido uma fazenda por R$ 17 milhões no Pará.

Ler mais

STJ nega agravo e mantém empresa acusada de comprar vereadores réu na Coffee Break

Ministra Assusete Magalhães negou, junto com o voto de quatro ministros, agravo da Mil Tec (Foto: Arquivo)

A 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça negou agravo interno e manteve a Mil Tec Tecnologia da Informação como réu na ação de improbidade administrativa na Operação Coffee Break. A empresa fundada por João Roberto Baird, o Bill Gates Pantaneiro, é acusada de ter pago propina a vereadores para cassarem o mandato de Alcides Bernal (Progressistas) na madrugada do dia 13 de março de 2014.

Ler mais

Em meio a escândalos do lixo, TJ pode suspender bloqueio de Nelsinho e ex-secretário

1ª Câmara Cível do TJMS conclui amanhã julgamento de recurso e pode liberar totalmente bens de senador em ação de improbidade na coleta do lixo (Foto: Arquivo)

Em meio aos escândalos de corrupção envolvendo o contrato bilionário da coleta do lixo, a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul deve suspender, nesta terça-feira, o bloqueio de R$ 101,5 milhões do senador Nelsinho Trad (PSD), do ex-secretário municipal de Meio Ambiente, Marcos Antônio de Moura Cristaldo, e da Financial Construtora, detentora de 50% da Solurb. Os acusados estão com bens e contas bancárias sequestradas há quase dois anos, desde 26 de junho de 2019.

Ler mais

Governo libera venda de bebida e quase tudo funciona no “lockdown” do comércio e bares

Decreto de Reinaldo fechou o comércio, shoppings e restaurantes, mas liberou o restante na Capital e mais 42 cidades (Foto: Arquivo)

O Governo do Estado recuou, de novo, e autorizou a venda de bebidas alcoólicas em supermercados, hipermercados e conveniências durante o “lockdown”, que só vai fechar o comércio, bares e restaurantes de hoje até o dia 24 deste mês. Anunciado para frear a pandemia da covid-19, que bateu mais um triste recorde com 73 mortes em 24 horas neste sábado, o decreto libera a maior parte das atividades.

Ler mais

Guedes quer destruir o Estado com reforma administrativa movida a ódio, diz economista

Poder360 Ideias – Paulo Guedes, jantar no Piantas. Brasilia, 05-02-2019. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

No artigo “(Des) reforma administrativa e impulso de morte de Paulo Guedes”, o ensaísta e economista Albertino Ribeiro faz dura crítica à proposta de reforma administrativa do serviço público do Governo federal. Na sua opinião, o ministro da Economia quer destruir o Estado brasileiro.

Ler mais
« Older posts

© 2021 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑