Alan Guedes conquistou 33,09% dos votos e foi o “azarão” das eleições em MS. (Foto: Arquivo)

Dourados reservou a maior surpresa destas eleições em Mato Grosso do Sul. O vereador Alan Guedes (PP)  conquistou 33,09% dos votos e foi eleito prefeito. O “azarão” deixou para trás a candidatura do deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), que liderou coligação com oito partidos, mas ficou com 30,59% dos votos.

Nomes competitivos, como Marçal Filho e Renato Câmara, ficaram de fora da disputa. Já a atual prefeita Delia Razuk não tentou a reeleição, ela fez mandato com baixa popularidade e alvo de diversas operações policiais.

Veja mais:

Fábrica de escândalos, Marcelo Iunes conquista 42,65% dos votos é reeleito em Corumbá

Com 100% dos votos apurados, Marquinhos Trad é reeleito com 52% em Campo Grande

Ribas elege João Alfredo 1º prefeito do PSOL em MS e descarta nova chance a Zé Cabelo

Alan Guedes tem 34 anos e é advogado. “A partir de amanhã já vamos pensar na equipe de transição, que contará com servidores de carreira, equipes técnicas qualificadas, junto com equipe técnica da Câmara; vamos fazer uma transição efetiva e enxuta até a posse”,  afirmou o eleito ao Dourados Agora.

Deputado estadual , Barbosinha tentava ser prefeito pela segunda vez em MS. Aos 23 anos, ele foi prefeito de Angélica pelo então PMDB.