O Jacaré inicia hoje a publicação do primeiro boletim diário sobre informações referentes à pandemia de covid-19. É desta forma que manteremos o nosso compromisso em municiar a população de informação, uma importante e eficiente arma para derrotar a crise sanitária mundial.

Nosso boletim trará novidades e orientações. Em paralelo, nosso blog prossegue com a oferta de conteúdo noticioso analítico sobre os assuntos de interesse geral.

Veja mais:

Com povo sem máscara, pandemia tem novo recorde e número de casos passa de mil em MS

MS tem recorde de casos de Covid-19, mas boletim apresenta falhas nos cálculos por cidade

Taxa de isolamento cai para 36% em MS, enquanto pandemia bate recorde na Capital e no interior

Para cada sete brasileiros infectados com o Sars-Cov-2, somente um foi diagnosticado. A conclusão é da pesquisa Epicovid-19, realizada pela Universidade Federal de Pelotas em 133 cidades brasileiras, entre elas Dourados e Corumbá, na primeira quinzena de maio. Os resultados são primários, porque a pesquisa ainda será aplicada em mais municípios.

Por enquanto, a conclusão é a de que a epidemia tem várias faces no Brasil e de que o índice de contaminação está acima daquele conhecido pelas autoridades sanitárias.

Pacientes de Alzheimer têm maior risco de desenvolver covid-19. A conclusão é de estudo realizado pela Universidade Exeter, do Reino Unido. Os resultados da pesquisa, publicada na revista The Journals of Gerontology – Série A, indicam que os doentes de Alzheimer têm, ainda, duas vezes mais chances de desenvolver a forma mais grave da covid-19. Para os cientistas envolvidos no estudo, o componente genético dos doentes favorece a ação do Sars-Cov-2, o coronavírus causador da covid-19.

Rússia antecipa aposentadoria de médicos que atuam contra a pandemia. Cada dia trabalhado por um médico russo equivale a três durante o ano de 2020. O procedimento é uma forma de reconhecer e incentivar para os trabalhadores na saúde da linha de frente contra a covid-19.

Com a medida, um paramédico que atue por dois meses, por exemplo, terá seis meses de vantagem para a aposentadoria. Hoje, o sistema previdenciário russo prevê que um médico pode se aposentar após 25 anos de trabalho no campo ou 30 na cidade.