Ex-presidente da Assembleia é preso em mega operação contra corrupção no Detran-MS

Agentes do Gaeco chegam para cumprir mandados de busca no Detran (Foto: Marcos Ermínio/Campo Grande News)

Ex-presidente da Assembleia Legislativa e ex-deputado estadual Ary Rigo (PSDB) foi preso, na manhã desta terça-feira, na Operação Antivírus, comandada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). A Justiça decretou a prisão preventiva de nove pessoas e temporária de outras três na investigação que apura os crimes de corrupção passiva e ativa, peculato, fraude em licitação, organização criminosa e lavagem de dinheiro no Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

Rigo foi primeiro secretário e presidente da Assembleia Legislativa. Influente na política estadual, ele não conseguiu se reeleger deputado em 2010, quando vazou o vídeo em que ele denuncia o suposto pagamento de mensalão a integrantes dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário.

Desde o início da manhã, agentes do Gaeco cumprem mandados de busca e apreensão em blocos do Detran, na saída para Rochedo, onde fica a diretoria administrativa e financeira do órgão.

O diretor-presidente do Detran, Gerson Claro, acompanha a operação dos policiais e promotores .

Além do departamento, os agentes cumprem 29 mandados de busca em residências e empresas envolvidas no suposto esquema de corrupção.

A operação é a primeira realizada no Detran, que ocupou o noticiário nos últimos anos com contratos milionários e sob suspeita.

Empresas que prestam serviço para o órgão já foram alvo da Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal. No entanto, esta é a primeira vez que a ofensiva contra a corrupção mira o órgão.

O atual presidente, Gerson Claro, está no cargo desde o início da gestão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e está na cota do PSB. Ele disputou eleição em 2010 pelo PDT, mas apoio a candidatura da deputada federal Tereza Cristina (PSB) em 2014.

Sobre a prisão de Rigo, ocorrida no Residencial Alphaville, o advogado Carlos Marques, destacou que o ex-deputado não tem empresas ou contratos com o Detran.

Politico experiente, Rigo se afastou da disputa por cargos eletivos após perder a reeleição em 2010, quando ficou famoso ao denunciar o suposto mensalão (Foto: Arquivo)

Rigo ocupou primeira secretaria do legislativo por seis vezes

Ary Rigo foi deputado estadual por seis mandatos e teve grande influência no legislativo estadual.

Ele foi presidente da Assembleia Legislativa uma única vez (2001-2003) e primeiro secretário, responsável pelas finanças, em seis ocasiões.

 

Deixe um comentário

© 2022 O Jacaré

Site desenvolvido por Fernando DiasUp ↑